Calha de Beiral 2019-10-15T13:56:19+00:00

CALHA DE BEIRAL

Qual a finalidade de uma calha de beiral?

A calha de beiral é uma das melhores opções para quem está construindo ou reformando. Ela deve ser instalada na parte do telhado que ultrapassa a linha parede, fazendo assim a sua construção muito mais resistente à danos por infiltrações. Vale lembrar que a calha de beiral irá ser instalada na parte do telhado que ultrapassa a linha parede.

Calhas estão presentes nos telhados da maioria dos brasileiros. Uma calha nada mais é do que um cano cortado ao meio que está posicionado ao longo do beiral de telhado.

Uma das finalidades da calha é recolher a água, normalmente da chuva, que dele escorre em a partir do telhado conduzindo-a para tubos de queda ou de descarga, ou em tempos de crise hídrica para reservatórios de água. Entretanto, a principal finalidade da calha (e rufo) é não permitir que a água de chuva escorra diretamente sobre paredes, janelas e portas. Pois, a umidade é uma grande inimiga de superfícies minerais, tintas e de madeira.

Chapa Galvalume com Pintura Eletrostática

Chapa Galvanizada

Chapa com Pintura Eletrostática

Seja por necessidade estética, onde a pintura deve ter alta resistência aos raios ultra violeta, ou devido a agressividade do ambiente em que está inserida a construção, a solução mais indicada é a chapa com pré-pintura. A solução de acabamentos orgânicos (pré-pintura) é resultado de tratamento e pintura de alta qualidade decorrente da automação e total controle do processo, aplicados uniformemente em toda a superfície da chapa ainda na forma de bobina.
Em bobinas de chapa de aço utilizadas para produção de todos os tipos de calhas que revestem coberturas e fachadas de edifícios, bem como telha sanduíche e painel termoisolante.
É um sistema de acabamento para chapas sem pintura (de aço zincadas ou alumínio-zincadas), onde a bobina deste material passa por uma linha contínua de limpeza, pré-tratamento e, por fim, de pintura. Na seção de entrada do equipamento, a bobina é desenrolada e segue para diversas estações de limpeza e tratamento superficial que irão preparar a chapa para receber pintura mais adiante.
Com o aço já limpo e tratado, a bobina segue para a seção de aplicação de primer anticorrosivo, que promove a aderência da pintura e em seguida para as seções de cura em estufa e resfriamento.
Na cabine seguinte é aplicada a pintura, camada final que proporciona a aparência e a cor à chapa de aço e à telha que dela será fabricada. Este acabamento pode ser em poliéster, poliuretano ou fluoreto de polivinilideno, dependendo das necessidades do cliente. Novamente a bobina pintada passa por fases de cura da tinta em estufa e resfriamento. Antes de ser rebobinada, a chapa pode receber um filme protetivo removível de polietileno.